Relato de Parto / Parto hospitalar humanizado - O nascimento de Bia

A minha jornada começou de forma animada! O tampão saiu dia 04/06 de madrugada…. Mas não estava sentindo nada! No dia 05 as ondas evoluíram mas ainda sim estava bem suportável, então segui as recomendações dos anjos que Deus colocou em minha vida (Partejar e Barbara): banho quente, descanso, Hipnoparto e afirmações positivas! A noite do dia 05 as ondas aumentaram… Dilma chegou em minha casa… e tudo caminhava para uma fase ativa de trabalho de parto! Seguimos calmas, confiantes e no controle… as ondas aumentavam e vinham com mais frequência, foi onde decidimos chamar a Bah pra nos ajudar… e haja técnica de alívio da dor e meditação…. Entre as contrações eu só conseguia respirar e pensar que meu momento com a Bia estava próximo, ela estava vindo! Só que do nada cadê as contrações??? Bia estava trolando todo mundo 😂😂😂 Não era a hora ainda! Resolvemos esperar e aguardar o tempo dela! Como as contrações não voltaram… Bah e Dilma foram para casa e eu descansei, dormi! Estava curtindo meu processo e de segunda pra terça a noite as ondas voltaram…. E engrenaram cada vez mais… sem bolsa rota seguimos na observação…. Foi uma madrugada longa… mas seguíamos curtindo o processo, afinal havíamos nos preparamos para aquele momento! Eu e minha família! ❤️ No dia 07…. As 05:30 a bolsa rompeu só que junto com ela veio o mecônio! Esperado? NÃO! Preparados? Estávamos! Ali eu já sabia que a luta contra a cesária começava! Estava disposta a enfrentar tudo pelo parto normal e estava segura por ter uma equipe fenomenal e que de fato foi fundamental! Saímos de casa Eu e Bia, Meu namorido, minha mãe e Dilma rumo ao NeoCenter com colo fino, 5 de dilatação, bolsa rota + mecônio e onda atrás de onda! Ô caminho longo! 😂😂😂 Mas com muita positividade, colo, e as afirmações na minha mente o tempo todo conseguimos chegar…. No meu caso já tive que receber a ocitocina, fiz cardio tocografia… eu estava bem e Bia também! Milene da Clareou chegou, subimos para a suíte aproximadamente 9:30…. Começamos os trabalhos…. Veio o toque e nada da dilatação evoluir… e vai pra bola, chuveiro, spinning baby, reboso, aromaterapia…. Usamos todos os recursos! Estávamos todos nesse ciclo de onda… alívio… onda… alívio… a exaustão veio… já estava muito fadigada e como o trabalho de parto não evoluía como esperado resolvemos usar a analgesia a nosso favor e, sinceramente, foi fundamental a hora de descanso que eu tive! O recurso quando bem utilizado faz toda a diferença! Recuperei as energias e voltei com força total! A dilatação aumentou mas ainda não era suficiente… a médica veio, analisou após algumas horas e disse que se o quadro não evoluísse iríamos para uma cesária (NÃO! Eu não ia para a cesária… eu via a Bia chegando nos meus braços naquela sala!) e a equipe resolveu fazer tudo para que o processo do parto normal acontecesse: mais exercícios, aumenta ocitocina…. Onda atrás de onda…. Mais uma avaliação e a médica viu um edema de colo, Bia teve uma oscilação nos batimentos: mais uma cardio tocografia…. Tarci da Partejar que rendeu Dilma foi cirúrgica em me afirmar que eu e Bia seguíamos bem! Pedi mais um repique de analgesia pra descansar meia hora, diminuir o edema e ter mais forças pra reta final! Eu sentia que a Bia estava chegando! E foi feito! Nesse processo a médica veio avaliar e disse que se o processo não evoluísse em meia hora iria me levar pro bloco! Bah e Tarci se reuniram enqto Milene e meu namorido me apoiavam e me ajudavam entre uma onda e outra…. Eu sabia que elas não desistiriam de nós e que fariam o impossível pra que eu não fosse pra a cesária, mas ao mesmo tempo elas avaliavam os riscos para mim e Bia! Apesar de não querer… sabia que poderia acontecer e agora o importante era minha filha nascer bem! Volta Bah e Tarci cheias de gas! Vamos fazer todas as técnicas de spinning baby pq a Bia vai encaixar e vai nascer…. E foram os 30 minutos mais frenéticos…. A onda vinha mas meu foco era ela encaixar…. Teve até invertida…. E a todo momento eu via ela encaixando e descendo… coincidência ou não a afirmação EU CONSIGO PARIR era a única coisa q eu enxergava na minha frente! A vontade de evacuar veio…. A médica já com todos os aparelhos pra me levar pro bloco avaliou novamente… a dilatação tava Ok, ondas ok…. Fase expulsiva mode ON 😎 fomos para o banquinho, meu namorido foi meu apoio… peça chave pra eu ter forças… Bah com o reboso me ajudava com a vontade de fazer força…Tarci acompanhava o processo da Bia e Milene registrava todo o momento…. E assim foi… o puxo veio… a Bia tava chegando…. Eu consigo parir! Eu consigo parir! A Bia estava quase saindo… ela vai nascer no tempo dela! E por fim eu precisava só de mais um puxo! E assim foi! Com o apoio das meninas, do meu namorido a Bia chegou e veio direto para os meus braços! Aquele olhar que só quem já teve filho vai entender a emoção! Ela era perfeita, minha filha! Veio de parto normal…. Para meus braços! Momento mais emocionante da vida! E assim foi meu parto…. Desafiador, cansativo, lutando contra uma cesária…. Mas foi POSSÍVEL! Sem a minha família (que respeitou minhas vontades e viveu todo esse processo junto comigo), os anjos Bah, as meninas da partejar e a Milene, não seria possível viver esse momento!

E eu só sei agradecer! 🙏🏼🙏🏼🙏🏼

Agora é seguir calma… confiante e no controle no puerpério e na vida! 🙏🏼🥰


1 visualização0 comentário